quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Cinema de Outubro

Walk the Line (2005) de James Mangold   ★★★★
Jackass 2.5 (2007) de Jeff Tremaine   ★★
Mad Max (1979) de George Miller   ★★★★
Mad Max 2 (1981) de George Miller   ★★★★
The Body Snatcher (1945) de Robert Wise   ★★★★
El Dorado (1966) de Howard Hawks  
★★★★★
Slipstream (2007) de Anthony Hopkins  
★★
Rio Bravo (1959) de Howard Hawks  
★★★★
Trance (2013) de Danny Boyle  
★★★
Disconnect (2012) de Henry Alex Rubin  
★★★
Brokeback Mountain (2005) de Ang Lee  
★★★
Du Rififi chez les hommes (1955) de Jules Dassin  
★★★★
Les quatre cents coups (1959) de François Truffaut  
★★★★
16 Blocks (2006) de Richard Donner  
★★
Mad Max Beyond Thunderdome (1985) de George Miller  
★★
Den Brysomme Mannen (2006) de Jens Lien  
★★★
Coffy (1973) de Jack Hill  
★★★
Dracula A.D. 1972 (1972) de Alan Gibson  
★★★
The Masque of the Red Death (1964) de Roger Corman  
★★★
Gravity (2013) de Alfonso Cuarón  
★★★★★
The Dictator (2012) de Larry Charles  
★★★
House of 1000 Corpses (2003) de Rob Zombie  
★★★
Grass (1999) de Ron Mann    
★★★ 

SEXY AS FUCK


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Lindemann @ KADAVAR


Sin City


Eatin' Dust!


JAGTEN (2012), um Filme com "F" maiúsculo!



Hey Mr. White!


63' Lincoln

IF YOU SMOKE IT...

Em escuta: Sons Of Apache EP (2013)














Soundcloud

Fragmentos da minha adolescência


My Sleeping Karma & Colour Haze: a 'tour' foi assim!


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

POSEIDOTICA - Sueño Narcótico


POSEIDOTICA - Mantra


A "Cena do Deserto" narrada pelo John Garcia


GRANDLOOM a queimar pneu!


A Sonoran Sunset @ Bud Walley


Que todos os dias sejam noites..


Em escuta: Morphine - The Night (2000)


(Waiting) for the flood


quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Tony Soprano e o Grunge Rock


The Rising Sun Experience – Beyond the Oblivious Abyss (2013)


Portugal, 1970. Depois do estreante “Under the same Sun”, The Rising Sun Experience dão continuidade à sua colheita sonora no pomar setentista com o seu mais recente álbum “Beyond the Oblivious Abyss”. O psicadelismo envolve-se com o progressismo musical num estonteante abraço que ondula pela estratosfera de todo o disco. É uma odisseia “woodstockiana” emoldurada pelo sol e nutrida pelo bem-estar que os riffs de “Beyond the Oblivious Abyss” suspiram. Sintam-se levitar ao longo deste jardim vertical e impregnar a beleza que lhe está inerente. Sintam a doce paralisia originada pela hipnótica dança dos dedos pelo corpo do sintetizador e pelos solos resplandecentes de uma guitarra narcotizada. É a primavera da música a irromper pelo outono adentro num manifesto encantado. Experimentem o nascimento deste sol, banhem-se nos seus raios e acordem numa mortalha transpirada de fragâncias harmoniosas, debaixo de um infinito céu cor de noite onde as estrelas respiram e uivam alegria.


Fuck Yeah, KADAVAR!

Pelican, a aurora borealis da música!

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

domingo, 20 de outubro de 2013

Wim Wenders - Written In The West


In preparation for shooting the film PARIS, TEXAS in late 1983, Wim Wenders traveled the West equipped with a 6 x 7 medium format camera searching out subjects and location that would bring that desolate landscape to life.