terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

✠ The Death Wheelers - 'I Tread On Your Grave' (11.05.2018) ✠

☀️ Dead Man - "Euphoria" (2008)

Review: ⚡ Hazemaze - 'Hazemaze' (2018) ⚡

De Estocolmo, a cidade capital da Suécia, chega-nos o homónimo álbum de estreia do power-trio Hazemaze que muito recentemente assinara um contrato com a editora discográfica alemã Kozmik Artifactz. Lançado oficialmente no passado dia 9 de Fevereiro unicamente em formato digital através da sua página de Bandcamp, e fundamentado num atemorizante, demoníaco, enigmático e provocante Stoner-Doom aliado a um hipnótico, obscuro, corpulento e místico Heavy Blues de feições luciféricas, este nebuloso e ritualístico ‘Hazemaze’ tem o dom de nos fascinar, narcotizar e enlutar a alma. A sua sonoridade poderosa, sombria, anestésica e brumosa – de clara influência Black Sabbath’eana – passeia-nos por entre os escombros que lavram e assolam paisagens fúnebres, sinistras e melancólicas distendidas ao longo dos oito temas que assombram o álbum. São cerca de 43 minutos governados e saturados por uma intoxicante, tirânica, densa e magnetizante atmosfera que nos mumifica, sufoca e entorpece. Comunguem toda esta liturgia esotérica superiormente chefiada por uma guitarra profana que se agiganta em imponentes, fumarentos, intensos e absorventes riffs (inflamados e eletrificados pelo efeito fuzz) e solos penetrantes, desvairados, alucinógenos e erodentes, um baixo granítico de linhas tensas, coesas, torneadas e reverberantes, uma bateria excitante de galope ardente, dinâmico e vibrante, e uma voz diáfana, aguda, fecundante e visceral que nos esgrima e intriga do primeiro ao derradeiro minuto. ‘Hazemaze’ é um álbum verdadeiramente mirífico, de audição incontornável a todos os devotos peregrinos que seguem o lado mais morfínico do Doom. Deixem-se dissolver no profundo, pastoso e deslumbrante negrume de Hazemaze e inalem os psicotrópicos vapores de um dos mais arrebatadores e viciantes registos nascidos em 2018.

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Review: ⚡ Vvlva - 'Path of Virtue' (2018) ⚡

Da Alemanha chega-nos a elegante fragância de ‘Path of Virtue’, o disco de estreia do quinteto Vvlva. Lançado muito recentemente pelo influente selo discográfico germânico World in Sound nos formatos físicos de CD e vinil, este seu primeiro álbum de estúdio ostenta um exuberante e fascinante sortido sonoro – de essência resgatada aos carismáticos anos 70 – onde coabitam um luxurioso, sublime e vaidoso Heavy Psych, um envolvente, sideral e magnetizante Krautrock, e ainda um vistoso, atraente e majestoso Prog Rock. A sonoridade soberbamente deslumbrante, principesca e intrigante desta impressionante formação sediada na cidade independente de Aschafemburgo mantem-nos focados, perplexos e enfeitiçados do primeiro ao último tema. Na génese desta encantadora ode revivalista está uma sumptuosa guitarra de notáveis, afáveis e prestigiosos acordes que se desmancham em alucinantes, frenéticos e estonteantes solos, um prestigioso órgão Hammond de charmosos, extravagantes e portentosos bailados, um baixo vigoroso e murmurante de linhas coesas, hipnóticas e baloiçantes, uma impressionante bateria movida a delicadeza, leveza e virtuosismo, e ainda uma voz agradável, terna e sedosa que empresta um brilho extra à distinta, encantadora e caprichosa atmosfera de ‘Path of Virtue’. É importante ainda salientar e elogiar o fabuloso artwork de contornos mitológicos e epopeicos pensado e trabalhado pela artista milanesa Francesca Vecchio e o berrante logótipo irreverentemente esculpido pelo já célebre Karmazid.  Este é um disco adorável que nos abraça e intoxica de um sagrado misticismo. Um álbum detentor de uma ambiência apaixonante que nos cativa e namora com destacadas veemência e expressividade. Deixem-se enlevar e extasiar pelo epopeico, bizarro e arrebatador universo de Vvlva, empoeirem-se na sua mágica sublimidade e vivenciem com total entrega e devoção um dos mais exóticos e excepcionais registos lançados até ao momento em 2018.

🌍 Astrodome - 'II' Europe Tour 2018

👊 Unida - Black Woman '99

© Bill Martin (1943-2008)

www