terça-feira, 31 de julho de 2012

Cinema de Julho


Django (1966) de Sergio Corbucci
Sleazy Rider (1973) de Roger Gentry
Krótki film o milosci (1988) de Krzysztof Kieslowski
Black Snake Moan (2006) de Craig Brewer
Róza (2011) de Wojciech Smarzowski 
Howl (2010) de Rob Epstein e Jeffrey Friedman
Rope (1948) de Alfred Hitchcock
The Union: The Business Behind Getting High (2007) de Brett Harvey
Hondo (1953) de John Farrow
Vozvrashchenie (2003) de Andrey Zvyagintsev

John Wayne @ Hondo


quinta-feira, 12 de julho de 2012

missing, Calexico

Wake up now little sleepyhead
From your nightmarish day with the dead trip
You'd be better off not to know
Of the wild seeds you let go
From your thorny fingertips
Try to clean bloodstained hands
That ran away and left the scene
Of a crime last night
Always thought you stood on the other side
Never thought the roof would cave in
Where you were hiding
There's a wave of fear that creeps right in
A vacant stare that can't say where it's been
Or what's been laced
The trail leads all over the place
There's an angel at your side
Who rescued you in a nick of time
Explains how you almost fell
And vanished into a fatal spell
She looks into your eyes and sees
There's something still missing
She notices a chunk bleeding from your chest
Tries to stop the bloodflow with her best compress
But the wreckage is in a mess
There's an emotional tax, figured in after the fact
And stories unfold
The world grows dark and bones get cold
You look into your heart and you know

...


Se for preciso, assistirei a todos os nascimentos do sol e a todas as manifestações lunares. Se for preciso, morrerei várias vezes por cada olhar esperançoso que dedicar ao telefone inanimado. Se for preciso, prolongarei a expiração durante os mais dilatados e frios anos da minha subsistência. Se for preciso, calarei eternamente as mais profundas necessidades básicas, para manter acordada apenas uma. Se for preciso, ouvirei todos os bocejos do anoitecer e todos os esperneares matinais. Se for preciso, respirarei toda a fé esquecida nos mais recônditos cantos da vontade. Se for preciso, gritarei páginas do meu peito e rastejarei pelas crateras da minha alma. E se esta vida não chegar, esperarei por uma seguinte até te reencontrar novamente num todo chamado “Nós”.

Coñac Oxigenado

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Clint Mansell - Together we will live forever

Nate Vs Brenda @ Six Feet Under

- Vá lá, Bren...
- Não, estava a fazer uma coisa.
- Já não fazemos há algum tempo.
- Não é assim há tanto...
- Há três semanas e meia... Faz na terça, um mês.
- Não que estejas a contar os dias...
- Estou a contar, estou. Nem sequer reparaste?
- É normal o sexo abrandar ao fim de algum tempo, sabes?
- Abrandar, sim. Mas parar?
- Há quem aguente meses sem sexo ao fim de um certo tempo.
- Ao fim de seis anos, talvez, mas seis meses?
- Sete.
- Não que estejas a contar os dias...
- Tu é que nunca estiveste o tempo suficiente com uma pessoa para saber que há altos e baixos.
- Mas não para toda a gente.
- Claro que sim. Vai haver alturas em que não te vais sentir minimamente atraído por mim. É uma quebra normal.
- E quanto tempo dura uma quebra normal?
- Não sei, mas são prolongadas por esse tipo de perguntas.

Nate no seu melhor @ Six Feet Under





sexta-feira, 6 de julho de 2012