domingo, 24 de janeiro de 2010

O primeiro Lobo

Elevou, de forma convicta, todo aquele peso que as suas botas de cabedal exerciam sobre as suas pernas, e repousou-o em cima de uma mesa de madeira. Deitou um olhar desassossegado ao uísque que brilhava dentro do copo e conduziu-o até á sua garganta seca. Pousou o copo violentamente na base da mesa e acendeu um cigarro. De olhar recolhido, sentiu aquele fumo dançante ganhar forma junto do seu rosto de traços ilegíveis. O som de um telefone visita aquela sombra errante. Tem, agora, trilhos por onde caminhar com aquelas botas.

A Lei veste Sobretudo

O segundo Lobo

Sentado, de cabisbaixo, no meio do vazio nebuloso. Uma luz incide sobre os seus cabelos descendentes. Dedilha algumas notas na sua guitarra. Testemunha o nascimento e morte de cada tom sonoro, numa atmosfera repetitiva que se arrasta por toda aquela extensão espacial. Não tem rosto, identidade… tem, apenas, as mãos cheias de intenções tenebrosas e o olhar entregue á perversidade. Uma outra luz rasga aquela escuridão que o envolve: um telefone solta um som estridente. É, então, dada uma direcção aquela alma desertora que há muito deixara os caminhos da benevolência.


A Lei veste Sobretudo

Sunn O))) e Kylesa com bagagem PESADA

Eagle Twin (em Sunn O)))) - 2 Fevereiro
Dark Castle (em Kylesa) - 10 Abril

Consegui esta reliquia por 7.50eur

Filme Policial

«O crime veste-se de negro. Um rosto desaparecido. Dois rostos perdidos. Um rosto fugaz. Uma investigação prudente em busca da ceifadora “sem nome”. A lei veste sobretudo.»
"A Lei veste Sobretudo"

sábado, 23 de janeiro de 2010

Space Cowboy


Deixou que o vento fizesse da sua presença, uma presença efémera. O seu olhar, de caracterização lúgubre, contemplou todos aqueles quilómetros de poeira e alcatrão. No horizonte, um sol de mescalina libertava cores dissonantes. As montanhas elevavam-se em direcção ao sol. “Esta estrada encaminha-te para o céu” – gritava um cowboy lunático que descansava junto á estrada. Acelerou a toda a velocidade no seu velho Dodge Challenger e levantou o volume da rádio. Os últimos raios solares morriam no seu rosto pálido. Visões celestiais. Expirou fundo e olhou aqueles monólitos e toda uma infinitude de terra avermelhada. Libertou as pálpebras e encarou os céus que sobrevoavam a sua longa jornada. A noite cobriu com o seu manto opaco todo o paralelismo que o acompanhara. Dos céus brotaram mil e uma estrelas, planetas de cor púrpura, cometas e asteróides viajantes. E ele continuou a sua viagem de pé adormecido sobre o acelerador rumo á eternidade.

A importância dedicada ás Linhas Centenárias

One Flew Over the Cuckoo's Nest (1975), Milos Forman

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Cinemateca Portuguesa


Janeiro é mês de Sam Peckinpah. The Getaway (1972), The Wild Bunch (1969), Major Dundee (1965), The Ballad of Cable Hogue (1970), Straw Dogs (1971) e Ride the High Country (1962).

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Noite «Brilhante»

11-01-2010. Estava uma gélida noite de Janeiro. De corpo hirto e olhar firme fitei o frio viajante que me rodeava sem cessar. Ela chegou e todo o paralelismo enfraqueceu. A sua mão de pele rosada e suave tocou-me. Uma onda de calor beijou a minha face fria. O amor atracara na minha alma. Subimos as ruas cinzentas da baixa lisboeta e entrámos num restaurante. Talvez pela nossa relação tão peculiar, foi-nos oferecido um “brinde”. De seguida, dirigimo-nos á Cinemateca Portuguesa para ver “The Shining” – Stanley Kubrick (um dos filmes favoritos da minha Ana). Confortámos os nossos corpos nas velhas cadeiras de cabedal encarnado e instigámos o nosso olhar na grande tela. Um ritual que se repetirá por todo o sempre. Até que as rugas do tempo nos façam tombar.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Ora cá está 2010

Ando prá’qui todo “doido” com a nova investida no tema “Umkehrschub” (Albúm “3” – 2007) dos alemães RotoR feat. Hypnos 69; com a compra dos clássicos “Godfellas” (Martin Scorsese), “ The Godfather” e “Apocalypse Now Redux” (Francis Ford Coppola) a preço de feira; e ainda com a confirmação da minha querida Ana: ela vai comigo a trás-os-montes no próximo fim-de-semana. Yeah! Sunn O))) e Fu Manchu estão aí á porta, os dias de rodagem do meu projecto final (Policial "Noir") também. Do meu norte chegam noticias invernais, de muita "caspa" por lá (Neve), e saudações reconfortantes da familia e amigos.

(de mau só esta gripe que me tinge a pele de vermelho)